Placas em drywall podem ser usadas para ocultar instalações embutidas em shafts | Construção Mercado

Construção

Shafts

Placas em drywall podem ser usadas para ocultar instalações embutidas em shafts

Por Rodnei Corsini
Edição 150 - Janeiro/2014

Os shafts são como um quadro embutido na parede por onde podem percorrer tubulações e instalações verticais. Por ele podem passar tubos de água quente, água fria e esgoto, gás, instalações elétricas e de telefonia, entre outros.

O shaft permite que tubulações e fiações sejam instaladas com independência em relação às alvenarias. Além disso, possibilita a inspeção das instalações ali embutidas com mais facilidade, já que sua presença dispensa a necessidade de quebrar a alvenaria para acessá-las.


A vedação do shaft pode ser feita com diversos tipos de painéis. Há modelos em acrílico, ABS, PEX e gesso acartonado (drywall). Os painéis de vedação são, normalmente, compatíveis tanto com paredes de alvenaria convencional quanto com paredes feitas propriamente em drywall.

Assim como os painéis de gesso acartonado usados para execução de paredes ou revestimentos, as placas de drywall usadas para vedação de shafts podem receber diversos tipos de acabamento. Os painéis podem receber pintura, texturas, aplicação de cerâmica ou papel de parede, por exemplo.

As principais normas técnicas da ABNT para drywall são a NBR 14.715 - Chapas de Gesso para Drywall e NBR 15.758 - Sistemas Construtivos em Chapas de Gesso para Drywall - Projeto e Procedimentos Executivos para Montagem. Além delas, a NBR 15.217 normatiza os perfis de aço usados em sistemas com chapas de gesso para drywall. O perfil de aço é usado para emoldurar o painel empregado para fechar o shaft.

Os sistemas de drywall constam, ainda, na Instrução Técnica no 08 do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo e no Programa Brasileiro de Qualidade e Produtividade no Habitat (PBQP-H) do Governo Federal.

Ilustração: Daniel Beneventi

1 Painel
A placa de drywall usada para vedar os shafts não tem características especiais em relação àquelas usadas para substituir a alvenaria como um todo. Fabricada industrialmente, a chapa é composta por uma mistura de gesso e água entre duas lâminas de cartão especial. Ao gesso e à água são misturados alguns aditivos, que têm como função principal o aumento da porosidade e da resistência mecânica. As chapas podem ter propriedades antichamas e para shafts em ambientes úmidos - como banheiros - é necessário que o painel tenha resistência à umidade.

As placas em drywall (em geral e para fechamento de shafts) costumam variar entre 12,5 mm e 15 mm de espessura. As dimensões dos shafts também podem variar bastante (um shaft relativamente grande, com instalações hidráulicas em um banheiro, pode ter 72 cm x 185 cm). O tamanho da placa deve, portanto, cobrir a abertura do shaft - este, por sua vez, é dimensionado para que possa acomodar suficientemente as instalações previstas.

2 Perfil
A estrutura para a vedação do shaft com drywall é composta por um perfil de aço galvanizado, o qual deve envolver todo o perímetro da placa de drywall.

3 Fixação
A fixação da chapa de drywall no perfil é feita com parafusamento. Da mesma maneira, a fixação do conjunto na alvenaria é feita com parafusamento e buchas plásticas embutidas na parede. A dimensão dos parafusos pode variar, assim como a sua quantidade na placa de vedação - conforme, principalmente, o tamanho e o peso do drywall usado para fechar o shaft.

Colaboração: Associação Brasileira do Drywall.

Destaques da Loja Pini
Aplicativos