Aplicação de desmoldante facilita retirada das fôrmas plásticas para laje nervurada no momento da desenforma | Construção Mercado

Construção

Técnica ilustrada

Aplicação de desmoldante facilita retirada das fôrmas plásticas para laje nervurada no momento da desenforma

Por Aline Mariane
Edição 152 - Março/2014
 

As fôrmas plásticas ou cubetas são produtos feitos de polipropileno (PP), geralmente com aditivos na sua composição química, que aumentam a dureza e protegem contra os raios ultravioleta (UV). Podem ser encontradas no formato retangular ou quadrado e são utilizadas em lajes nervuradas por possibilitarem a execução de amplos vão livres, necessários em locais como edifícios corporativos ou estacionamentos. "A fôrma plástica para laje nervurada é um sistema que permite que a construtora realize vãos maiores e diminui a necessidade de vigas e pilares", explica Leonardo Pissetti, diretor de empreendimento da Swell Construções e Incorporações.

Marcos José Pinto, engenheiro da Hestia Construções e Empreendimentos, aconselha também a utilização de um vibrador para concreto. Como o ideal é que se vibre somente na interseção de quatro peças de cubetas, o diâmetro recomendado é de 25 mm.

Veja a seguir o passo a passo da colocação das fôrmas plásticas para lajes nervuradas.

 

ILUSTRAÇÃO: DANIEL BENEVENTI

Clique para ampliar a imagem

1- Apoios
Antes de colocar as fôrmas plásticas sobre a laje, por questão de segurança, para que os profissionais possam se locomover sobre o local e executar o trabalho, é importante realizar um apoio que pode ser feito com escoras metálicas e/ou um compensado de madeira. Sem este compensado, a equipe teria que andar sobre caibros, por exemplo, o que não é recomendável.

2- Colocação das fôrmas
As fôrmas plásticas devem ser distribuídas lado a lado sobre o compensado de madeira, sem o auxílio de pregos para fixá-las. Este material pode danificar a fôrma. Por isso, é aconselhável colocar sarrafos de madeira no entorno das fôrmas para que as mesmas não mudem de posição.

3- Aplicação de desmoldante
Antes de concretar e colocar a armadura, o profissional deve passar um desmoldante sobre as fôrmas plásticas. Esse produto líquido pode ser aplicado com rolo e facilitará a retirada das fôrmas depois da concretagem.

4- Colocação das armaduras
As armaduras devem ser montadas e posicionadas de acordo com as indicações feitas pelo projetista no projeto. É preciso ficar atento às distâncias dos espaçadores, conforme prevê o projeto. Após a colocação é iniciada a concretagem.

5- Desenforma
Depois de três dias da concretagem já é possível retirar as fôrmas. Para não danificar nenhuma das fôrmas plásticas é importante que o engenheiro não utilize ferramentas pontiagudas no momento de retirá-las. Por isso, o ideal é retirá-las cuidadosamente, puxando-as de uma das laterais para baixo até soltá-las completamente. Após cerca de 28 dias, quando o concreto atingir a cura completa, é possível retirar o reescoramento.

Normas técnicas
NBR 15.696 - Fôrmas e Escoramentos para Estruturas de Concreto - Projeto, dimensionamento e procedimentos executivos
NBR 14.931 - Execução de Estruturas de Concreto - Procedimento
NBR 6.118 - Projetos de Estruturas de Concreto - Procedimento

Por Aline Mariane
Fontes:
Reportagem sobre Lajes nervuradas com cubas plásticas, Equipe de Obra, 16. Mário Augusto Bandeira, gerente de suprimentos da FR Incorporadora; Marcos José Pinto, engenheiro da Hestia Construções e Empreendimentos e Leonardo Pissetti, diretor de empreendimentos da Swell Construções e Incorporações.

 

Destaques da Loja Pini
Aplicativos