Conferência de travamento e posicionamento das fôrmas de alumínio para parede de concreto evita abertura de painéis na hora de realizar a concretagem | Construção Mercado

Construção

Técnica ilustrada

Conferência de travamento e posicionamento das fôrmas de alumínio para parede de concreto evita abertura de painéis na hora de realizar a concretagem

Por Aline Mariane
Edição 152 - Março/2014
 

Muito utilizadas por construtoras que atuam no segmento habitacional em obras de empreendimentos econômicos, as fôrmas de alumínio são constituídas por painéis com tamanho máximo de 60 cm x 2,40 m, reforçadas ou estruturadas com perfis de alumínio fixados por meio de espaçadores que definem o distanciamento entre uma fôrma e outra. "Essas fôrmas são como um quebra-cabeça que os engenheiros vão montando e fecham como se fosse um sanduíche, deixando um vão da parede no meio, já com os formatos de porta e de janela", explica Ronny de Oliveira Bolcinha, diretor técnico da construtora Tenda.

Estas fôrmas servem para moldar a parede e um dos principais cuidados que a construtora deve ter ao realizar os procedimentos descritos abaixo é na verificação da resistência do concreto fluido. "O profissional tem que se atentar se o concreto atingiu a resistência mínima que precisa ter para poder retirar a fôrma. Essa resistência do concreto é que vai dar estabilidade no prédio", alerta o diretor técnico da Tenda.

Veja a seguir o passo a passo da colocação das fôrmas de alumínio em paredes de concreto.

 

ILUSTRAÇÃO: DANIEL BENEVENTI

Clique para ampliar a imagem

1- Aberturas
Devem ser realizados cortes na tela metálica nos locais de vãos de portas e janelas, conforme projeto, e colocação de reforços de tela nas janelas e portas conforme projeto estrutural.

2- Marcação e posicionamento
Antes de iniciar a montagem das peças que constituem a fôrma de alumínio, os engenheiros devem marcar e posicionar os painéis com precisão conforme o projeto da obra. Depois de identificar todas as peças e realizar a marcação e o posicionamento dos painéis, começa o processo de travamento.

3- Aplicação de desmoldante
É preciso aplicar desmoldante durante montagem dos painéis de paredes internos. O produto auxiliará na hora de retirar as fôrmas, aproximadamente 15 horas depois da concretagem.

4- Montagem dos painéis
Devem ser colocados espaçadores plásticos nas telas e gabaritos nas portas e janelas. Também é importante conferir a localização das instalações prediais, dos gabaritos de caixilhos e dos espaçadores, além da aplicação de desmoldante nos painéis de fechamento e colocação dos painéis externos das paredes. Após a conferência é necessário travar os painéis com pinos e cunhas. O profissional deve se atentar ao travamento destes painéis para que não saiam do lugar e não abram na hora de realizar a concretagem.

5- Corpo de prova
A característica mínima à compressão do concreto, aos 28 dias, é de 4,5 MPa e a resistência mínima do concreto para poder desenformar, a 15 horas, é de 0,8 MPa, segundo estudo fornecido pela Baú Construtora. Para se certificar de que o concreto atingiu a resistência necessária após 15 horas, os engenheiros devem fazer um teste de corpo de prova, retirando um bloco de concreto e o colocando numa prensa. Se ele não estiver na resistência ideal, deve-se esperar mais uma hora e refazer o teste.

6- Desenforma
A desenforma das paredes deve ser feita entre 12 horas e 15 horas após a concretagem. Caso o travamento das fôrmas deixe ranhuras nas paredes, o preenchimento delas deve ser feito com a argamassa de cimento e areia média, com aditivo à base de polímeros (traço 1:3), antes do acabamento final.

Por Aline Mariane
Fontes:
Reportagem sobre Fôrmas metálicas para paredes de concreto, Equipe de Obra, 63. Ronny de Oliveira Bolcinha, diretor técnico da Tenda; Estudo de sistemas construtivos em paredes de concreto armado moldadas no local da Baú Construtora.

 

Destaques da Loja Pini
Aplicativos