Produtos químicos para piso industrial - Aditivos e adições devem ser misturados ao concreto feito na usina; endurecedores de superfície podem ser aplicados pela própria construtora | Construção Mercado

Construção

Como Comprar

Produtos químicos para piso industrial - Aditivos e adições devem ser misturados ao concreto feito na usina; endurecedores de superfície podem ser aplicados pela própria construtora

Aline Mariane
Edição 155 - Junho/2014
 

foto: Marcos Lima
Respeitar o tempo de cura do piso é um dos procedimentos mais importantes para um serviço sem patologias

Para melhorar o desempenho dos pisos industriais é necessário misturar junto ao concreto aditivos ou adições. Aumento de resistência, durabilidade, diminuição dos fatores água x cimento, podem ser controlados com o auxílio dessas químicas. No caso de pisos industriais já prontos, mas com problemas de dureza superficial, também é possível recuperá-los, utilizando endurecedores superficiais - que podem ser aplicados por profissionais da engenharia sobre o piso já pronto.

De acordo com Públio Penna Firme Rodrigues, vice-presidente da Associação Nacional de Pisos e Revestimentos de Alto Desempenho (Anapre), pode-se dividir os químicos para pisos em três tipos: os endurecedores de superfície, as resinas para Revestimento de Alto Desempenho (RAD) e os produtos de limpeza.

Antes de escolher os produtos necessários para garantir a melhora do desempenho do piso industrial é necessário realizar um projeto de piso. "Um projeto específico de piso industrial que vai determinar dimensionamento, armação, armaduras de fretagem, armaduras de transferência entre as placas, paginação das juntas", explica Alexandre Tomazeli, docente de Engenharia Civil da Universidade Prebisteriana Mackenzie.

Especificações
Existem diversos aditivos e adições que podem ser misturados ao concreto na hora de sua produção para melhorar o desempenho. "Existem aditivos que vão melhorar a trabalhabilidade, o adensamento, a impermeabilização do piso e algumas adições que aumentam a tração e a resistência à abrasão", exemplifica Tomazeli. A implantação destes aditivos deve ser solicitada à concreteira responsável pela produção do concreto que a construtora utilizará na composição do piso industrial.

O aditivo plastificante, por exemplo, vai reduzir a relação água x cimento do concreto para aumentar a resistência mecânica. "O que não pode usar em concreto para um piso é retardador de pega, porque senão vai demorar para endurecer e ele não vai conseguir dar o acabamento", orienta Tomazeli. Também existem os impermeabilizantes e inibidores de retração, além de um produto químico chamado endurecedor de superfície, que é aplicado já sobre o piso pronto. "Esses endurecedores químicos servem, durante a cura, para endurecer o piso; ou, se depois de um tempo o piso está desgastado, pode-se comprá-lo e aplicá- lo", complementa.

De acordo com Públio Penna Firme Rodrigues, a diferença entre os endurecedores é na base do produto, no seu componente ativo. Existem, por exemplo, os endurecedores à base de silicatos, fluossilicato, lítio etc. "Esses produtos reagem com o hidróxido de cálcio do cimento endurecido, reduzindo a porosidade superficial e aumentando a resistência à abrasão. A extensão da ação dos endurecedores pode ir até uns 3 mm a partir da superfície", explica.

Há ainda as adições de fibra que melhoram a deformação elástica, a tenacidade e a dureza. Essas fibras também vão ser adicionadas às massas de concreto na usina.

Cotações de preços e fornecedores
A compra de endurecedores para serem aplicados sobre o piso após sua execução pode ser feita pelos engenheiros da construtora responsável pela obra. Neste caso, o produto deve ser comprado diretamente do fornecedor e a negociação do pagamento é variável. Já a compra de aditivos para serem colocados no concreto é feita pela concreteira e negociada pela mesma com os fornecedores dos produtos. "É sempre importante verificar se o fornecedor tem histórico de aplicação, se tem ensaios e se realmente o produto tem um ganho de resistência mesmo, verificando laudos para poder escolher", orienta Breno Macedo Faria, sócio da LPE Engenharia.

ENTREVISTA BRENO MACEDO FARIA
Aditivo expansor

Acervo pessoal
"O expansor é um aditivo que é importante o engenheiro estar a par, diferentemente dos aditivos colocados no concreto pela concreteira, nos quais a construtora não tem muita influência"
Breno Macedo
Faria sócio da LPE Engenharia

Quais as novidades em termos de produtos químicos voltados para os pisos industriais?
Existe um aditivo que está entrando agora no Brasil e é muito interessante, denominado expansor. Todo concreto, na hora que é aplicado, perde água e encolhe - esse fenômeno se chama retração. Se o piso não estiver com as juntas nas dimensões corretas, se não tiver um ferro para segurar esse recolhimento, o piso trinca inteiro. Por isso vemos calçadas todas trincadas, por causa dessa retração do concreto. E esse aditivo entra no concreto expandindo o mesmo, ou seja, ele compensa essa retração e evita o aparecimento da trinca. Ele é um aditivo em pó, que está entrando agora no Brasil e estamos experimentando.

Como o engenheiro pode verificar a qualidade deste novo produto?
O expansor é um aditivo que é importante o engenheiro estar a par, diferentemente dos Acervo pessoal aditivos colocados no concreto pela concreteira, nos quais a construtora não tem muita influência. Ele é novo no mercado, tem uma série de características e só um especialista entenderá como ele trabalha. Portanto, no caso desse aditivo é importante ter um especialista para explicar como comprar esse produto e o projeto deve apresentar todas essas informações.

No caso dos endurecedores de superfície, o que acontece se este produto apresentar má qualidade após aplicado? Se ele tem uma qualidade ruim e não foi testado, o piso não terá aquela resistência superficial. Então, com pouco tempo ele pode começar a apresentar desgaste. Ele começa a soltar um pouco de areia, perder o brilho e até começa a formação de pó na superfície. Será necessário repassar o produto para solucionar o problema.

 

PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>
Destaques da Loja Pini
Aplicativos