Produtividade cresce com o emprego de itens pré-fabricados para execução de vergas, escadas e lajes, além de kits pré-montados para as instalações hidráulicas | Construção Mercado

Construção

Técnica Ilustrada

Produtividade cresce com o emprego de itens pré-fabricados para execução de vergas, escadas e lajes, além de kits pré-montados para as instalações hidráulicas

Por Aline Mariane
Edição 158 - Setembro/2014

Ganhos significativos de produtividade podem ser obtidos em obras que utilizam alvenaria estrutural - sistema que por si só já permite otimização elevada do processo construtivo - com a adoção de elementos pré-moldados e de kits hidráulicos e elétricos montados previamente, fora do canteiro.

O emprego de pré-moldados, entretanto, depende da disponibilidade de espaço em canteiro para estabelecer uma central de produção. A viabilidade também está condicionada à escala da obra - se o volume for muito pequeno, esse tipo de solução pode não compensar do ponto de vista financeiro. A central deve ser posicionada em local de fácil alcance dos equipamentos de transporte vertical.

De qualquer forma, é possível introduzir ao menos peças modulares de menor porte, como pré-fabricados para execução de verga e contraverga, por exemplo. Para a produção desses elementos, há também os blocos canaleta.

Para executar a instalação de pré-moldados e de kits elétricos e hidráulicos na alvenaria estrutural, deve-se planejar seu processo executivo dentro do projeto, o qual deve coordenar os diferentes componentes. "Ele deve apresentar toda a marcação geométrica de prumadas e passagens", acrescenta Nilton Nazar, docente do curso de engenharia civil do Instituto Mauá da Tecnologia.

Veja os cuidados na hora de instalar pré-moldados:

ILUSTRAÇÃO: DANIEL BENEVENTI
ILUSTRAÇÃO: DANIEL BENEVENTI

1. Laje pré-fabricada
Podem ser utilizadas lajes parcial ou completamente pré-fabricadas, como é o caso das lajes alveolares protendidas - painéis de concreto protendido que contam com alvéolos longitudinais, os quais reduzem o peso das peças. O projeto deve prever shafts para a passagem das tubulações de esgoto e caixas de escadas. Para a ligação com as paredes de alvenaria estrutural, deve-se assentar os blocos canaleta e instalar a armação na cinta de respaldo, para então executar o grauteamento. Coloca-se então o painel da laje e realiza-se o assentamento, concretando-se a periferia.

2. Verga e contraverga
Para portas e janelas, a verga serve como uma miniviga de concreto armado sobre o vão. As vergas podem ser executadas em blocos tipo canaleta ou com pré-moldados e são instaladas na primeira fiada acima da abertura. As contravergas são utilizadas apenas em aberturas de janela, posicionadas na última fiada antes da abertura. Também são executadas, geralmente, em bloco canaleta ou em peça pré-fabricada. Os prémoldados, armados com vergalhões, devem ter comprimento maior do que o vão, de modo a solidarizar-se à alvenaria e redistribuir adequadamente as cargas verticais.

3. Escada
Escadas pré-fabricadas podem ter grandes dimensões, sendo moldadas em blocos únicos, ou podem ser compostas por elementos moldados separadamente, como é o caso das escadas jacaré. Elas são formadas por vigas denteadas, degraus em "L", patamares pré-moldados e peças complementares - componentes que dispensam equipamentos de transporte vertical e podem ser manuseados por funcionários.

4. Instalações hidráulicas
É proibida pela Norma 15.961 a passagem de condutores de fluidos dentro de paredes com função estrutural - exceto quando instalação e manutenção não exigirem cortes -, motivo pelo qual se adotam soluções diferenciadas para abrigar os dutos hidrossanitários, como os shafts. Os shafts podem ser fechados com painéis préfabricados parafusados à parede, de modo a permitir remoção em caso de reparos. Os trechos horizontais dos dutos são feitos por baixo da laje de teto. O processo pode ser acelerado com o emprego de kits hidráulicos pré-montados no próprio canteiro. Para isso, os furos nas lajes devem ser projetados de forma a permitir perfeito encaixe dos kits.

5. Instalações elétricas
Devem ser verificados em projeto, primeiramente, todos os itens e marcações de passagem de dutos e componentes elétricos. A localização e as dimensões das caixas para quadro de distribuição devem ser informadas ao projetista, pois pode ser necessário reforço estrutural nesses pontos. Os eletrodutos são embutidos nos blocos estruturais vazados. Caixas de tomada e interruptores são instalados em blocos cortados com serra copo ou em blocos produzidos especialmente com essa finalidade.

Colaboração: Nilton Nazar, professor do curso de engenharia civil do Instituto Mauá de Tecnologia; Maximiliano de Paiva, engenheiro da Loft Construtora e Incorporadora; Construtora Mbigucci. Livro Alvenaria Estrutural, de Carlos Alberto Tauil e Flávio José Martins Nese

Destaques da Loja Pini
Aplicativos