Empresas da Grande Curitiba reduzem lançamentos e apostam em nichos como garantia de rentabilidade | Construção Mercado

Negócios

Raio X - Paraná

Empresas da Grande Curitiba reduzem lançamentos e apostam em nichos como garantia de rentabilidade

Estoques chegam a 11 mil imóveis só na capital paranaense

Por Maria Emilia Staczuk
Edição 165 - Abril/2015

DIVULGAÇÃO: SWELL
Imóveis de dois e três dormitórios são os mais lançados na capital paranaense e reúnem a maior parte dos estoques

O mercado imobiliário na Grande Curitiba, especialmente na capital, passa por um momento de ajuste. Os elevados estoques na região levaram as incorporadoras a revisar o número de lançamentos e os preços de venda. Mesmo assim, segmentos com demanda ainda consistente e produtos de nicho com boa rentabilidade garantem oportunidades para os empresários do setor.

Desde 2011, quando 16.624 apartamentos na planta foram colocados à venda em Curitiba, a quantidade de lançamentos não para de cair na cidade, segundo a Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná (Ademi/PR). Em 2014, 3.869 imóveis foram lançados, queda de 29,98% em relação a 2013. E, segundo a entidade, quase um terço do total ofertado no ano passado no município ainda está em estoque.

Conteúdo exclusivo para leitores
cadastrados ou assinantes da revista Construção Mercado

Ainda não é um assinante PINI?
Escolha uma das opções abaixo e faça já sua assinatura.

Destaques da Loja Pini
Aplicativos