Mercado de shoppings mantém baixa vacância, mas inadimplência de locatários preocupa empresários do setor | Construção Mercado

Negócios

Centros comerciais

Mercado de shoppings mantém baixa vacância, mas inadimplência de locatários preocupa empresários do setor

Aperto econômico sobre lojistas estaria estimulando atrasos de pagamento dos aluguéis

Por Thiago Moreno
Edição 168 - Julho/2015
 

DIVULGAÇÃO: ALIANSCE
Boulevard Shopping Belém, com participação da Aliansce, tem Área Bruta Locável de 30.014 m² e ocupação de 96,1%

A desaceleração da economia brasileira não deixou de pesar sobre o mercado de shopping centers, mas ele ainda mostra força. O segmento adequou a oferta no último ano, continua apresentando resultados positivos no comércio e atraindo o interesse de lojistas e investidores, com desempenho melhor do que o varejo como um todo. Por outro lado, o crescimento da inadimplência, decorrente de um cenário de aperto maior para os ocupantes, é uma preocupação para os empresários no momento.

O número de inaugurações e expansões programadas no segmento para este ano se manteve estável no segmento, de acordo com a Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce). Ao menos 26 shoppings devem ser inaugurados ou ampliados até o fim de 2015, com estimativa de investimento de cerca R$ 16 bilhões - sete empreendimentos já estão em operação. A região Sudeste, segundo o estudo, concentra 48% do montante, o Nordeste aparece logo em seguida, com 24%, acompanhado pelas regiões Norte (16%), Sul (7%) e Centro-Oeste (5%).

Conteúdo exclusivo para leitores
cadastrados ou assinantes da revista Construção Mercado

Ainda não é um assinante PINI?
Escolha uma das opções abaixo e faça já sua assinatura.

Destaques da Loja Pini
Aplicativos