Chegou a hora | Construção Mercado

Editorial

Chegou a hora

Edição 169 - Julho/2015

O mês de agosto trará o resultado de desfechos importantes para o setor da construção. Um deles é a promessa do Governo Federal de regularizar, até a metade deste mês, todos os pagamentos atrasados referentes às obras da faixa 1 do Minha Casa Minha Vida. O montante chega a R$ 1,6 bilhão, segundo cálculo de associações do setor. Parte dos recursos já foi liberada em julho, e os valores remanescentes estão previstos para os próximos dias. O segundo ponto importante é a votação no Congresso do projeto de lei 1.358 /15, que torna a remuneração do FGTS igual à da caderneta de poupança. A medida é uma boa notícia para cotistas, mas pode encarecer em até 38% o financiamento para a produção e comercialização de moradias populares, inviabilizando os negócios nesse nicho, de acordo com estimativa da Caixa. Outro ponto vital é a definição do projeto que suspende a desoneração da folha de pagamentos concedida a diversos setores da economia, voltando a onerar as empresas em um ano que já apresenta uma série de outras dificuldades.Todos esses assuntos fazem parte da cobertura da Construção Mercado, que oferece notícias por meio do site construcaomercado17.pini.com.br - fomos os primeiros a divulgar os impactos do projeto de lei 1.358/15 sobre os financiamentos do setor - além de matérias aprofundadas na revista impressa. Nesta edição, a reportagem de capa faz uma varredura ampla sobre as opções remanescentes de crédito imobiliário em meio à crise, além de mostrar as soluções criativas adotadas por incorporadoras para acelerar as vendas. Boa leitura.

O mês de agosto trará o resultado de desfechos importantes para o setor da construção

Pesquisa de preços ampliada na WEB
Os assinantes da revista Construção Mercado podem agora consultar preços de insumos, mão de obra, equipamentos e serviços empreitados na ferramenta online TCPOweb. Basta acessar o endereço www.tcpoweb.pini.com.br e informar o login de identificação e a senha. Caso ainda não seja cadastrado no portal PINIweb, deverá fazê-lo em www.cadastro.pini.com.br. Em seguida, o assinante deve clicar na opção "Preços e Fornecedores", que dará acesso a milhares de itens em 27 capitais brasileiras, incluindo preços não publicados na edição impressa. Para saber como consultar, vá até a página 109 desta edição e veja o tutorial explicativo. Para os assinantes da revista o acesso à ferramenta TCPOweb permitirá apenas a consulta da funcionalidade "Preços e Fornecedores". Caso queira utilizar as demais funcionalidades do sistema, tais como a modelagem de produtividade, composições de serviços e exportação de planilhas, o usuário deverá solicitar uma assinatura correspondente ao pacote de serviços desejado. Para mais informações, ligue 0800-596-6400.

Circe Bonatelli
editor

Destaques da Loja Pini
Aplicativos