Brasil só sairá da crise se promover reformas estruturais, afirma presidente da Cbic | Construção Mercado

Artigo

Ajuste fiscal

Brasil só sairá da crise se promover reformas estruturais, afirma presidente da Cbic

Se prevalecer esse tipo de comportamento, a equipe econômica não conseguirá cumprir metas de superávit fiscal

Por José Carlos Martins
Edição 169 - Julho/2015

Vivemos uma grave crise no Brasil. Talvez seja a maior de todas, porque se manifesta ao mesmo tempo em duas frentes estratégicas: na economia, fragilizada pelo desequilíbrio das contas públicas e pela ameaça da inflação, e na política, em que a presidente Dilma Rousseff enfrenta dificuldades para aprovar, no Legislativo, os projetos de interesse do governo. Poderíamos falar também de outra crise, esta de caráter administrativo, que historicamente atinge o Estado brasileiro e se traduz em uma gestão burocratizada e ineficiente. Isso, inclusive, foi demonstrado no estudo 'O custo da burocracia no imóvel', realizado pela consultoria Booz & Co. O trabalho rastreou os gargalos burocráticos que oneram e atrasam os empreendimentos imobiliários no Brasil, impactando toda a sociedade. Concluiu- se, por exemplo, que esses entraves podem aumentar o preço final da casa própria em até 12%.

Conteúdo exclusivo para assinantes da revista Construção Mercado

Outras opções

Destaques da Loja Pini
Aplicativos