Apesar da crise, incorporadores apontam demanda estável por imóveis de alto padrão e de luxo | Construção Mercado

Negócios

Oportunidade

Apesar da crise, incorporadores apontam demanda estável por imóveis de alto padrão e de luxo

Nicho continua com espaço para novos projetos ao longo dos próximos meses nas grandes cidades

Por Guilherme Soares
Edição 169 - Julho/2015

DIVULGAÇÃO: CYRELA

O mercado de imóveis residenciais de alto padrão e luxo mantém uma velocidade de vendas satisfatória e tem boas oportunidades de negócios apesar da crise econômica, de acordo com incorporadores que atuam no segmento. Concentrado nas capitais e com unidades cotadas a preços superiores a R$ 1,5 milhão, este nicho atrai consumidores de alto poder aquisitivo, menos dependentes de financiamento para a compra da habitação e menos vulneráveis aos fatores negativos do cenário atual, como inflação elevada e taxa de juros crescente. Dessa forma, a demanda tem mostrado resiliência.

Conteúdo exclusivo para assinantes da revista Construção Mercado

Outras opções

Destaques da Loja Pini
Aplicativos