Projeto de impermeabilização para habitação popular deve ser bem detalhado para evitar correções na obra | Construção Mercado

Construção

Projeto de impermeabilização para habitação popular deve ser bem detalhado para evitar correções na obra

Falhas no projeto tendem a multiplicar erros no canteiro, pois esse tipo de edificação é feito em grande escala

Por Edson Valente
Edição 176 - Março/2016

FOTO: MARCELO SCANDAROLI
Impermeabilização com membrana elastomérica. Prioridade é começar por um bom projeto

Contratar um projeto de impermeabilização para habitações populares requer cuidados. Embora o orçamento seja apertado para esse tipo de empreendimento, a qualidade do serviço deve ser a mesma que a de um condomínio de alto padrão. Além disso, um projeto falho tende a multiplicar as dores de cabeça, pois as edificações populares são feitas em grande escala.

'Um bom projeto é a melhor maneira de minimizar custos, pois evitará que se tomem decisões equivocadas durante a fase de obras', diz Mércia Maria Bottura de Barros, professora da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP). 'Um erro no projeto será multiplicado inúmeras vezes na execução.

Para evitar um problema como esse, o primeiro passo é selecionar uma empresa projetista de confiança. 'No Instituto Brasileiro de Impermeabilização (IBI), é possível buscar referenciais técnicos para atender às necessidades das construtoras e dos escritórios de arquitetura, consultando arquivos de acervos de obras executadas no mercado nos últimos 30 anos', afirma Jacques Monet Junior, consultor da câmara de projetistas do IBI e ex-coordenador do Comitê Brasileiro de Impermeabilização, braço da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT/CB-022).

Conteúdo exclusivo para leitores
cadastrados ou assinantes da revista Construção Mercado

Ainda não é um assinante PINI?
Escolha uma das opções abaixo e faça já sua assinatura.

Destaques da Loja Pini
Aplicativos