CUB tem aumento de 0,05% em janeiro no estado de São Paulo, segundo SindusCon-SP | Construção Mercado

Construção

Notícias

CUB tem aumento de 0,05% em janeiro no estado de São Paulo, segundo SindusCon-SP

Valor chegou a R$ 1.295,95 por metro quadrado, sendo 61,25% correspondente a mão de obra, 35,59% a materiais e 3,16% a despesas administrativas

Luísa Cortés, do Portal PINIweb
3/Fevereiro/2017
Marcelo Scandaroli

O Custo Unitário Básico (CUB) da construção civil em São Paulo aumentou 0,05% no mês de janeiro em comparação a dezembro, de acordo com pesquisa divulgada nesta sexta-feira (3) pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP). Ele chegou ao valor de R$ 1.295,95 por metro quadrado no mês, indicando alta de 5,55% em 12 meses.

Desse valor apresentado em janeiro, 61,25% corresponde a mão de obra, 35,59% a materiais e 3,16% a despesas administrativas.

"Os custos da construção mostraram-se estáveis, com exceção do vergalhão de aço, único insumo da cesta de materiais pesquisada mensalmente pelo SindusCon-SP que apresentou variação acima do IGP-M, apesar da baixa demanda", explica o vice-presidente de Economia do SindusCon-SP, Eduardo Zaidan.

O único produto a registrar uma alta maior ao IGP-M (0,64%) em janeiro foi o aço CA-50 Ø 10 mm (1,44%). Dos materiais com maior relevância ao cálculo do CUB, o cimento CPE-32, saco de 50 kg registrou baixa de 0,39%, e o concreto FCK=25 MPa caiu 0,49%.

Com desoneração

As obras incluídas na desoneração da folha de pagamentos tiveram alta do CUB de 0,06% em comparação a dezembro, e de 4,91% em 12 meses. O valor registrado no fim do mês é de R$ 1.201,33 por metro quadrado. Na mesma base de comparação, os custos com mão de obra tiveram 58,20% de participação sobre os custos totais; os materiais, de 38,40%; e as despesas administrativas, de 3,41%.

Destaques da Loja Pini
Aplicativos