Sinduscon-MS critica aumento de ISS para construção civil em Campo Grande | Construção Mercado

Gestão

Notícias

Sinduscon-MS critica aumento de ISS para construção civil em Campo Grande

Prefeito Alcides Bernal reajustou o imposto com base no IPCA, e não o Sinapi

Luísa Cortés, do Portal PINIweb
19/Dezembro/2016
Shutterstock

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, reajustou semana passada o Imposto sobre Serviço (ISS) da capital sul-mato-grossense. Segundo o publicado no Diário Oficial do Município, o cálculo foi alterado e, agora, a mão de obra será cobrada em cima de 60% do valor por metro quadrado, enquanto o material de construção, de 40%.

Na tabela apresentada na última quarta-feira (14), o valor do metro quadrado para prédios de uso unitário, categoria mínimo, equivale ao inferior de R$ 4,39 e superior de R$ 6,07. O metro quadrado mais caro do prédio multiuso diferenciado de alto padrão será de R$ 74,94 inferior e R$ 101,02 superior. Confira a tabela completa na página 2 do Diário Oficial do dia 14, clicando aqui

O Sindicato da Indústria da Construção do Estado do Mato Grosso do Sul (Sinduscon-MS) divulgou ser contra o reajuste, da forma como está sendo realizado. A entidade diz ter uma ação da justiça contra a medida, e defende que o cálculo seja baseado no Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (Sinapi), e não no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

 

Destaques da Loja Pini
Aplicativos