Prefeitura anuncia que vai revisar a Lei de Zoneamento de São Paulo até o fim de março | Construção Mercado

Legislação

Notícias

Prefeitura anuncia que vai revisar a Lei de Zoneamento de São Paulo até o fim de março

João Doria também prometeu rever operações urbanas Água Branca e Água Espraiada

Luísa Cortés, do Portal PINIweb
23/Fevereiro/2017
Pixabay

Em reunião com o Sindicato da Habitação do Estado de São Paulo (Secovi-SP) na última quarta-feira (22), o prefeito de São Paulo, João Doria, disse que iria revisar as leis de ocupação de solo da capital paulista. "Estamos trabalhando na readequação do zoneamento e nas leis específicas de ocupação do solo, privilegiando as atividades econômicas sem prejuízo do bom ambiente urbano e da qualidade de vida", afirmou Heloisa Proença, secretária de Urbanismo e Licenciamento.

Segundo a gestão, as propostas serão encaminhadas até este fim de semana. "Daremos a devolutiva após o Carnaval para, até o fim de março, encaminharmos o projeto de lei à Câmara municipal para votação com urgência. A cidade tem pressa", explica Proença.

Eles também prometeram, no evento, que iriam revisar as diretrizes das operações urbanas Água Branca e Água Espraiada, de modo a impulsionar a produção imobiliária. "Na Água Espraiada, por exemplo, vamos rever os valores de Cepac, que, na gestão anterior, foram multiplicados por dois, inviabilizando completamente os investimentos", explicou a secretária.

Além disso, o secretário de Habitação, Fernando Chucre, garantiu maior agilidade aos processos de licenciamento com a integração com o governo estadual.

A diretoria do Sindicato da Habitação ainda entregou ao prefeito uma série de medidas que contribuiriam para o destravamento das atividades imobiliárias na cidade. Entre elas, estavam uma calibragem do Plano Diretor,  redução do ITBI e a instalação de um balcão único de aprovações na cidade.

Destaques da Loja Pini
Aplicativos