São José dos Campos, no interior de São Paulo, vende 2.757 imóveis em três anos | Construção Mercado

Negócios

Notícias

São José dos Campos, no interior de São Paulo, vende 2.757 imóveis em três anos

Lançamentos, por outro lado, foram bem mais volumosos: 4.871 unidades. Veja estudo do Secovi-SP

Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb
16/Maio/2017
Divulgação: Prefeitura de São José dos Campos

Levantamento realizado pelo Departamento de Economia e Estatística do Sindicato da Habitação do Estado de São Paulo (Secovi-SP) em conjunto com a Robert Michel Zarif Assessoria Econômica, mostra que ente maio de 2014 e abril de 2017 o município de São José dos Campos, no interior de São Paulo, teve um total de 4.871 unidades residenciais lançadas e 2.757 vendidas. A média de valores dos imóveis foi de R$ 215 mil.

Entre os lançamentos, a maior aposta foi nos imóveis com dois dormitórios econômicos, que representaram 55% do total com 2.679 unidades. Em seguida ficaram os imóveis de três dormitórios com 880 unidades (18% do total), dois dormitórios com 810 unidades (17%), um dormitório com 332 unidades (7%), um dormitório econômico com 136 unidades (6%) e, por último, os imóveis com quatro dormitórios com 34 unidades (1%).

Já em relação às vendas, no período analisado de 36 meses, do total de 2.757 comercializações os imóveis com dois dormitórios econômicos apresentaram a maior fatia, com 47% das vendas e 1.302 negócios. Os imóveis com três dormitórios representaram 22% do total (616 unidades), seguidos pela tipologia de dois dormitórios com 21% (579 unidades), um dormitório com 8% (208 unidades), um dormitório econômico com 1% (35 unidades) e, finalmente, os imóveis com quatro dormitórios com 1% do total (17 unidades).

O Valor Global de Vendas (VGV) no período analisado foi de R$ 700 milhões, no qual as tipologias de três dormitórios somaram R$ 226 milhões do total e dois dormitórios econômicos R$ 225 milhões. A oferta final, por sua vez, ficou em 2.114 unidades, descontando o volume de unidades vendidas (2.757) do total de lançamentos no período de 36 meses (4.871).

"Estamos nos recuperando, principalmente, após o início da estabilização da economia, do início de queda no desemprego e do aumento na confiança por parte de empresários e consumidores. Com esse cenário econômico, nossa expectativa é a de que o estoque de unidades seja rapidamente absorvido assim que o mercado retomar seu ritmo, o que deve ocorrer no segundo semestre", avalia Frederico Marcondes César, vice-presidente do Interior e diretor Regional do Secovi na Região Metropolitana do Vale do Paraíba (RMVale).

Destaques da Loja Pini
Aplicativos